O APP do seu banco está a todo instante solicitando que você se cadastre no PIX?

O APP do seu banco está a todo instante solicitando que você se cadastre no PIX?

PIX é uma nova forma de pagamento criada pelo Banco Central

• Mas, o que é PIX?
PIX é uma nova forma de pagamento criada pelo Banco Central, porém, muito mais rápida que TED e DOC. O acesso ao sistema PIX foi lançado em outubro, e em 16 de novembro o Banco Central vai lançar a plataforma para toda população. Por isso, todos os bancos estão o tempo todo lembrando da necessidade de se cadastrar.
O PIX vai estar ao lado das transações TED e DOC, e a diferença entre eles, é que o PIX leva apenas 10 segundos para fazer a transação, e a sua utilização estará disponível 24 horas por dia, muito diferente das que já existem, pois são mais limitadas. Além, da rapidez nas transações, o PIX vai ter taxas mais baixas que as outras operações, e essa cobrança vai depender do banco. O Nubank por exemplo, vai continuar sem cobrar taxas mesmo sendo utilizado o PIX.
• Entenda o custo de uma transação PIX para os Bancos.
As Instituições Financeiras a cada 10 transações, vão ter que repassar para o BACEN (Banco Central) R$ 0,01 (um centavo de real). O Banco Central vai cobrar esse valor baixo, para que os bancos consigam repassar para seus clientes taxas mais baixas que as outras operações. O PIX além da agilidade vem trazer economia. Então, fiquem atentos aos custos do seu banco.
O PIX é apenas uma das soluções/inovações que o Banco Central pretende lançar. Saibam que meios de pagamentos sofrem mudanças o tempo todo, e vou citar uma como exemplo. Sabe o pagamento por aproximação, isso também é uma das inovações nesse meio, também já existe cartão de crédito que é apenas uma pulseira. Estou falando de soluções que já existem no Brasil, porque em outros países outras tecnologias mais inovadoras já estão em vigor faz tempo.
Mas, vamos pensar pelo lado positivo, tudo está mudando, o PIX na verdade foi lançado em fevereiro antes da pandemia, e agora com o vírus muitos investimentos em tecnologias estão acontecendo, e meios de pagamentos é um dos focos, porque afeta a todos.
Então vamos ver algumas características que serviram como base para criação do PIX:
• Disponibilidade: pagamentos instantâneos poderão ser feitos a qualquer momento, vinte quatro horas por dia, sete dias na semana.
• Velocidade: em segundos as transações estarão concluídas.
• Segurança: transações cursadas na Rede do Sistema Financeiro Nacional, e muita inovação tecnológica integrada para garantir que nada de ruim aconteça com o cliente.
• Conveniência: o cliente vai viver uma boa experiência ao usar a ferramenta. Todo fluxo de iniciação, conciliação e confirmação dos pagamentos, tudo de acordo com as necessidades dos usuários.
• Multiplicidade de casos: poderão ser realizados pagamentos de qualquer tipo e valor, incluindo transferências entre pessoas e/ou empresas.
Os pagamentos instantâneos são uma realidade, e estão sendo criados com foco na experiência do cliente. Tanto o pagador quanto o recebedor, precisam ter facilidade ao utilizar meios de pagamentos instantâneos.
• O primeiro passo para usar dessa tecnologia, é cadastrar a “Chave PIX”.
A Chave PIX é o endereço da sua conta no PIX, é a sua identidade lá dentro do sistema de pagamentos. Ela é muito fácil e rápida de ser criada, você vai selecionar dentro das quatro formas de identificação apenas uma, e assim é criada a Chave PIX.
As quatro opções são: CPF/CNPJ, e-mail, número de telefone celular ou chave aleatória. A chave aleatória é uma forma de receber sem precisar informar dados pessoais.
• Por mais seguro que pareça ser, os golpistas são muito criativos, fiquem atentos.
Tanto o Banco Central como a FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) pedem que os clientes fiquem atentos as tentativas de fraudes. Pode acontecer de links serem enviados por e-mail ou WhatsApp. Existem muitos golpistas por aí, e já devem estar pensando em uma forma de fraudar essa nova forma de pagamento.
Qualquer comunicação aos usuários, serão feitas pelos canais que eles já se comunicam com a instituição financeira da sua preferência.
De modo geral, o PIX é mais uma solução para pagamento que vai trazer facilidade, segurança, economia e agilidade.
Não tenham medo de usar o PIX, ele é muito seguro, inclusive, o uso do QR CODE vai existir. Em algumas regiões de Santa Catarina por exemplo, o uso do cheque ainda é muito comum, e é muito fácil encontrar pessoas que ainda não são bancarizadas, essas pessoas terão um pouco mais de dificuldade em se adaptar as mudanças que estão acontecendo. Mas você, que tem mais informações, comecem a usar dessas vantagens que são feitas para facilitar a sua vida. A aceitação das mudanças é fundamental para que novas aconteçam.
Mais um ponto, cuidem do seu dinheiro, independente da instituição financeira que você trabalha, procure saber as taxas que você paga por cada transação. Cuide da sua conta e fale com seu gerente, fique atento as melhores negociações.
Os meios de pagamentos vivem sofrendo atualizações, e em breve outras soluções vão surgir. E como exemplo temos o próprio PIX, onde a comunicação de lançamento foi feita muitos dias antes, com o objetivo de preparar a população, para que tirem dúvidas, e não ocorram erros.
Em breve, o Banco Central vai lançar outro serviço, quem sabe ainda esse ano, mas vamos aguardar e enquanto isso não acontece, use o PIX e economize tempo e dinheiro.
Acreditem, o beneficiado com tanta inovação, vai ser o cliente.
Se você ainda não cadastrou sua “Chave PIX”, faça para poder aproveitar de todas as facilidades. Afinal, o PIX está chegando.

Ariana da Silva